Acção de formação sobre Folclore e Etnografia promovida pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão


A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai promover, nos próximos meses de Janeiro a Abril, uma acção de formação sobre Etnografia e Folclore, a qual é essencialmente destinada aos responsáveis e elementos dos diversos grupos folclóricos do concelho, aos folcloristas em geral, assim como aos investigadores da área.

Esta acção de formação, implementada através do através do Gabinete de Animação Sócio-Cultural terá, no total, oito sessões, em dois sábados por mês (da 14h30 às 14h30), vai realizar-se no pequeno auditório da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, e terá início no próximo dia 11 de Janeiro.

Normas de conservação e restauro do traje e técnicas de palco são algumas das áreas de formação previstas durante as sessões.

As inscrições são gratuitas, mas os interessados em participar nesta acção de formação sobre etnografia e folclore devem enviar a respectiva inscrição até ao próximo dia 7 de Janeiro, para o correio electrónico: ricardocarneiro@vilanovadefamalicao.org.
Fonte

Encontro Internacional de Ranchos Folclóricos “Prague Folklore Days”


Encontro Internacional de Ranchos Folclóricos “Prague Folklore Days”

 Praga, de 24-27 de julho de 2014 

 O Festival será organizado pela agência de Millenium. Em 2013, participaram quase 1.000 músicos, dançarinos e cantores de 36  grupos folclóricos e grupos de danças e cantares, de 16 países.

A participação será aberta para todos os grupos e ranchos folclóricos, bandas e grupos de dança /música em vivo, ou música gravada em cassete ou CD/ – não há limite de idade, o número mínimo de membros do grupo são 14 pessoas.

O programa inclui:
· 2 actuações (em ar livre; palcos no centro da cidade), cada actuação demora 30 minutos
· O jantar comum com todos os grupos
· Desfile de todos os grupos pelo centro histórico de Praga
· City tour pela cidade histórica de Praga
· Opcional: passeio de barco com o jantar ou com o almoço ou o espetáculo de Teatro Negro

Terão um  oportunidade única de apresentar o folclore da vossa região em frente de milhares de pessoas, visitantes e turistas de todo mundo, criar novas amizades e, obviamente, visitar e conhecer a cidade de Praga, Cidade de Ouro, com os seus monumentos famosos.

Todos os custos relativos à participação são suportados pelos participantes, uma vez que os organizadores não dispõem de orçamento que possa suportar o alojamento para os mesmos ou pagar os custos de viagem para os grupos.

Há quatro pacotes preparados especialmente para o Festival que incluem alojamento de 3 noites em hotel de várias categorias, no centro ou fora de centro, dependendo de seu orçamento, programa, material informativo, meia-pensão, guia durante toda a estadia em Praga.

Último dia para entregar a ficha de inscrição será 15 de abril de 2014. A participação no festival só é possível em ligação com um dos pacotes oferecidos – enviamos pacotes em anexo.

Em 2015, o festival terá lugar entre 23-26 de julho sob as mesmas condições.

Para mais informações (formulário de inscrição), entrem em contato com a agência Millennium, que será responsável de organização e de alojamento dos grupos.

Site de festival:
http://www.praguefestival.cz
http://www.facebook.com/praguefolklore

Com os melhores cumprimentos de Praga

Tania Sochorova
Festival Office

Agency Millennium
Zahradnickova 20c
150 00 Praha 5 República Checa
Telephone: 00420 607552731 Fax: 00420 257219999
Email:
folklore@praguefestival.cz

Pacote 1
EUR 94,00 - por pessoa
Alojamento no hotel simples, 3 noites: de 24-27 de Julho de 2014
Suplemento por quarto simples – uma pessoa só num quarto : 8,00 EUR por uma noite
Suplemento por quarto duplo – duas pessoas só num quarto : 6,00 EUR por uma noite
O pacote inclui:
* inscrição
para o Festival e todas as taxas

* 3 noites - alojamento com pequeno almo
ço/café de manha – hotel simples, quartos triplos, quádruplos, múltiplos

* guia durante todo o Festival
* City tour pela cidade de Praga (a pé)

* o jantar comum com todos os grupos (incluído na meia-pensão)
* 2 actuações públicos
* desfile de grupos pela cidade de Praga
* material informativo


Pacote 2
EUR 145,00 - por pessoa
Alojamento no hotel simples, 3 noites: de 24-27 de Julho de 2014
Suplemento por quarto simples – uma pessoa só num quarto : 8,00 EUR por uma noite
Suplemento por quarto duplo – duas pessoas só num quarto : 6,00 EUR por uma noite
O pacote inclui:
* inscrição
para o Festival e todas as taxas

* 3 noites - alojamento com meia-pensão – hotel simples, quartos triplos, quádruplos, múltiplos

* guia durante todo o Festival
* City tour pela cidade de Praga (a pé)

* o jantar comum com todos os grupos (incluído na meia-pensão)
* 2 actuações públicos
* desfile de grupos pela cidade de Praga
* material informativo


Pacote 2
EUR 185,00 - por pessoa
Alojamento no hotel de 3* - fora de centro, mas com bom acesso ao centro, 3 noites: de 24-27 de Julho de 2014
Suplemento por quarto simples – uma pessoa só num quarto : 15,00 EUR por uma noite
O pacote inclui:
* inscri
çao para o Festival e todas as taxas

* 3 noites - alojamento com meia-pensao

* guia durante todo o Festival
* City tour pela cidade de Praga (a pé)

* o jantar comum com todos os grupos (incluído na meia-pensao)
* 2 actuaçoes públicos
* desfile de grupos pela cidade de Praga
* material informativo


Pacote 3
EUR 215,00 - por pessoa
Alojamento no hotel de 3* - centro de cidade. 3 noites: de 24-27 de Julho de 2014
Suplemento por quarto simples – uma pessoa só num quarto : 20,00 EUR por uma noite
O pacote inclui:
* inscrição
para o Festival e todas as taxas

* 3 noites - alojamento com meia-pensão

* guia durante todo o Festival
* City tour pela cidade de Praga (a pé)

* o jantar comum com todos os grupos (incluído na meia-pensão)
* 2 actuações públicos
* desfile de grupos pela cidade de Praga
* material informativo


Para quinta-feira ou sexta-feira oferecemos:
- Espetáculo de Teatro Negro – www.imagetheatre.cz – preço por pessoa: 22 EUR
- Passeio no barco pelo rio Vltava com o jantar típico tipo buffet /2 horas/, preço por pessoa sem bebidas: 23 EUR
- Passeio no barco pelo rio Vltava sem comida, preço por pessoa /1 hora/: 11 EUR

Os preços não incluem viagem a Praga, transfer de aeroporto, transportes em Praga, taxa de estacionamento em Praga. A participação no festival só é possível em ligação com um dos pacotes oferecidos em cima.

“Paraísabor” – 8ª Mostra Gastronómica da Freguesia de Vale do Paraíso - Azambuja

A 8ª edição do “Paraísabor” vai animar a Freguesia de Vale do Paraíso, no Concelho de Azambuja, nos próximos dias 4, 5 e 6 de outubro.

Esta iniciativa, que já é uma referência no panorama gastronómico do concelho, é da responsabilidade da Junta de Freguesia de Vale do Paraíso em colaboração com as associações locais, e conta com o apoio da Câmara Municipal de Azambuja.

As tasquinhas com as iguarias típicas da freguesia e da região são o ponto de encontro e a razão para o convívio. O já famoso “torricado” acompanhado com bacalhau assado – ou carne assada, em alternativa – é, uma vez mais, o rei da festa. Assim, o principal atrativo deste evento volta a ser o “Festival do Torricado”. A música e a mobilização popular garantem o resto da animação.

No dia 4 de outubro, 6ªfeira, pelas 19h00, ocorre a abertura oficial da festa com a Banda de Música da A.D.R. “O Paraíso”. A noite será animada pelo concerto do grupo “BIG SHOW”, a partir das 21h00 .  Sábado, dia 5, pelas 15h00 haverá uma vacada, e a partir das 21h00 a música do grupo “POUCO’STRILHO”. No domingo, dia de encerramento, decorre uma prova de vinhos pelas 15h30. Seguem-se dois grupos da terra, com a Banda da “A.D.R. “O Paraíso” a atuar pelas 16h00 e o Rancho Folclórico Danças e Cantares de Vale Paraíso pelas 17h00. O grupo musical “TINTUS BRASS” entra em palco às nove da noite.

Os visitantes do certame dispõem de 6 espaços gastronómicos explorados por associações de Vale do Paraíso, onde poderão almoçar ou jantar: o Rancho Folclórico local; a Associação Desportos e Recreio “O Paraíso”; a banda de música da ADR “O Paraíso”; a Confraria de N. Sra. do Paraíso; e o Centro de Dia para a 3ªidade N. Sra. do Paraíso. A comunidade educativa da escola EB1 e Jardim de Infância de Vale do Paraíso também participa com uma tasquinha de doces e bebidas.

As tasquinhas encerram diariamente à meia-noite. Nos dias 5 e 6 de Outubro, abrem às 12h00. Não falte!

XX Festival Folclórico de Serdedelo


VI Mostra de Artesanato, Gastronomia e Artes Decorativas


Romaria de Nª Sª da Agonia - Viana do Castelo

Romaria de Nossa Senhora da Agonia - Viana do Castelo

O Alto Minho tem grandes romarias: São Bento da Porta Aberta no Gerês, Senhora da Peneda ou São João d’Arga nas serras homónimas. Contudo, uma delas, a Senhora da Agonia, em Viana do Castelo, tende a ganhar predominância, não tanto a nível da quantidade de visitantes nem do brilho dos festejos mas no plano do essencialmente simbólico, assumindo-se como a romaria das romarias.
De resto, já o conde de Aurora se lhe referia em 1929, como «a Festa Nacional do Minho».

O culto da Senhora da Agonia remonta ao século XVIII. A primeira referência escrita data de 1744, sendo de 1773 a tela votiva mais antiga. A capela onde está guardada a imagem domina o Campo da Agonia, coração dos festejos e local da realização da feira semanal (às Sextas-feiras).

Festa de Nª Sª da Bonança

 
Festa de Nossa Senhora da Bonança - Vila Praia de Âncora
No segundo fim-de-semana de Setembro celebra-se a Festa em honra de Nossa Senhora da Bonança, em Vila Praia de Âncora.
É a romaria mais popular do Concelho, com tradição registada desde 1883. O centro da festa era o antigo lugar denominado da Lagarteira.
Estamos perante verdadeiro arraial, com todos os ingredientes tradicionais típicos e necessários: música, bandas filarmónicas, dança, folclore, cortejo etnográfico, procissões religiosas, fogo-de-artifício, boa comida e bom vinho!
O ponto alto da festa é, sem dúvida, a majestosa procissão naval, que se realiza sempre à quinta-feira, pelas 15 horas. Nesse dia, as embarcações vestem o seu melhor traje de festa e, engalanadas, dirigem-se ao Forte da Ínsua, para ai recolher a imagem da Senhora da Ínsua.


57º Festival Internacional de Folclore de Sta Marta de Portuzelo


VIII Festival Folclórico do Grupo Etno-Folclórico de Refoios


Feira das Artes e Ofícios Tradicionais

Feira das Artes e Ofícios Tradicionais - Soajo
 
Programa

Dia 2 - Sexta Feira

15.00h - Concurso de Vinhos Verdes – Casa do Povo
17:00h – Abertura da Feira das Artes e Ofícios Tradicionais
18.00h – Inauguração da XIV Feira das Artes e Ofícios Tradicionais, seguido de visita aos expositores.
19.30h – Entrega de Prémios do concurso dos Vinho Verdes
20:00h - Jornadas Gastronómicas – Pratos recomendados: “Carne de Cachena com Arroz de Feijão Tarrestre” e “Cabrito da Serra do Soajo”
Restaurantes: “O Espigueiro; O Videira; Saber ao Borralho”
22:00h – Animação: “Encontro Folclórico” com a presença de: “Rancho Folclórico da Associação de Vilarinho das Quartas - Soajo”,Rancho Folclórico As Lavradeiras de S. Pedro do Vale” e “Associação de Danças e Cantares de S. Jorge” e “Rancho Folclórico de Eiras” – Largo do Eiró

Dia 3 - Sábado

10:00h – Concurso de Mel e Concurso de Broa de Milho – em colaboração com o “Convivium Slow Food do Alto Minho”– Casa do Povo

14ª Semana da Tradição - Chãos - Rio Maior

14ª Semana da Tradição - Chãos - Rio Maior

Festival de Folclore em Tendais


Romaria de S. Bartolomeu - Ponte da Barca


Festival Internacional de Folclore – O Mundo a Dançar


Festival Internacional de Folclore – O Mundo a Dançar
No próximo dia 3 de Agosto, a partir das 22h00, no Jardim Municipal de Valença, vai realizar-se um Festival Internacional de Folclore – O Mundo a Dançar, no âmbito do Festival de Folclore FolkMonção.

Para Jorge Salgueiro Mendes, Presidente da Câmara Municipal de Valença “Esta é uma oportunidade para ver grupos de grande qualidade, do panorama etnográfico internacional, em Valença. O Mundo a Dançar é já uma referência do verão valenciano”.

Da Bolívia estará presente o Ballet Folklórico de La Paz – BAFOPAZ, do Brasil vem a Companhia de Ritmos e Danças Populares CORDAPES, da Polónia estará presente o grupo folclórico de música e dança JODELKI da região de Zywiec, da Sérvia vem a companhia de dança SIMYONOV, um dos mais populares e admirados grupos da Sérvia.

Ponte de Lima – Feiras Novas – Inscrições para o Cortejo Histórico


Feiras Novas - Cortejo Histórico - Ponte de Lima
No presente ano, o Cortejo Histórico integrado nas Feiras Novas tem como tema «Ponte de Lima, Berço do Folclore».

Quem pretender participar nesta iniciativa, pode inscrever-se no Posto de Turismo na Torre da Cadeira Velha, até ao dia 14 de Agosto.

Para mais informações contacte através do telefone: 258 942335 ou pelo email: tit.pontedelima@portoenorte.pt .
 
As Feiras Novas são consideradas a última grande romaria do ciclo festivo do Alto Minho e marcadas pelas rusgas de tocadores de concertina e cantadores ao desafio, que se prolongam até ao nascer do dia.

Cortejos etnográfico e histórico, procissão em honra de Nª Sª da Dores, Padroeira da vila de Ponte de Lima, mercado, artesanato, folclore, cantares ao desafio, arruadas de zés-pereiras, fogo-de-artifício, gastronomia.
 

Encontro de Concertinas

Encontro de Concertinas - Terreiro - São Torcato

Valença - Festas do Concelho


Romaria de São Bartolomeu do Mar em Esposende


Romaria de São Bartolomeu do Mar em Esposende
«Todos os anos, no dia 24 de Agosto, realiza-se a Romaria de São Bartolomeu do Mar, padroeiro da freguesia com o mesmo nome, pertencente ao concelho de Esposende.

Manda a tradição, que remonta ao século XVI (1566), que as crianças e respectivos pais transportem uma galinha ou frango (pinto ou “pito”, como por lá se diz) preto(a) durante três voltas à Igreja, que passem outras tantas vezes debaixo do andor e que, depois, vão à praia “furar” ondas em número ímpar: três, cinco, sete ou nove, o chamado “banho santo”. (…)»
Ler mais>>>

Outro texto (Dr. Carlos Gomes):

«Os cristãos-novos e a Romaria de São Bartolomeu do Mar em Esposende
Todos os anos, por ocasião da festa litúrgica a São Bartolomeu que se celebra a 24 de agosto, vão as gentes Esposende em romaria à igreja do santo padroeiro da freguesia de Mar – São Bartolomeu do Mar – para invocar a sua proteção contra o medo e outros males atribuídos ao diabo como a epilepsia e a gaguez. Reza a lenda que, nesse dia, São Bartolomeu solta o diabo que durante o resto do ano traz preso, simbolizado num cão que mantém com uma trela.(…)»
Ler mais>>>

Romaria de Nossa Senhora da Saúde - Saudel

Romaria de Nª Sª da Saúde

Viagem Medieval - Santa Maria da Feira

Feira Medieval em Terra de Santa Maria

Festas do Concelho de Paredes de Coura – 2013


Festas do Concelho de Paredes de Coura – 2013
Festas em honra de Santo António e Nossa Senhora das Dores
Programa

Dia 9 de Agosto – Sexta-feira

08:45 - Salva de morteiros

09:00 - Arruada pelos Grupos de Bombos e Zés P´reiras de Paredes de Coura:
Figueiras na Rua - Rubiães

Amigos da Música – Coura (S.Martinho)

12:00 - Concentração dos Grupos de Bombos no Largo Visconde de Mozelos

19:00 - Despedida dos Grupos de Bombos

22:00 - Atuação dos Grupos de Música Tradicional de Paredes de Coura, no Largo Hintze Ribeiro:
Grupo de Cantigas “Ré Maior” - Mozelos

Grupo de Cantares do Campo - Formariz

Grupo de Cantigas da ACRD de Padornelo

22:30 - Actuação do Grupo Musical “Hugo Band” no Largo 5 de Outubro

01:00 - Fogo-de-artifício

Dia 10 de Agosto – Sábado - Feriado Municipal

08:45 - Salva de morteiros

09:00 - Hastear Solene da Bandeira frente aos Paços do Concelho

Festival Internacional de Folclore – O Mundo a Dançar


No próximo dia 1 de agosto, vai realizar-se, em Ponte de Lima (Largo de Camões – 22h), mais uma edição do Festival Internacional de Folclore "O Mundo a Dançar".

Este espectáculo único de cor, beleza e alegria aliado à multiculturalidade que os quatro grupos dos distintos países proporcionam é integrado no Conselho Internacional das Organizações de Festivais de Folclore e das Artes Tradicionais (CIOFF).

Ao palco subirão companhias de dança e grupos folclóricos que prometem transportar os espectadores até ao país que representam:

Da cidade de Fortaleza, no Brasil, chega a Companhia de Ritmos e Danças Populares “CORDAPES”.

As Filipinas apresentam a companhia de dança PAMANA ng LUZVIMINDA, fundada em 2005 e com vasta experiência de participação em festivais mundiais de folclore.

Com o grupo folclórico Estampas de México da TEC de Monterrey teremos oportunidade de conhecer o México.

A Sérvia faz-se representar pela companhia de dança SIMYONOV, uma das mais populares e admiradas pelos grupos deste país.

Ponte de Lima tem a honra de acolher, uma vez mais, este Festival Internacional de Folclore que promete tornar a primeira noite de agosto num espetáculo de ritmo e alegria inesquecível.

29º Festival Internacional e Nacional de Folclore de Fafe


XXIX Festival de Folclore - Cidade de Penafiel


Exposição de Harmónios e Concertinas dos séc. XIX e XX


Está a decorrer no Museu da Música, até ao próximo dia 15 de Setembro, uma exposição de harmónios e concertinas dos séc. XIX e XX pertencentes à coleção particular de Henrique Figueiras.

Esta exposição visa evidenciar aspetos organológicos e culturais destes instrumentos populares, focando também o colecionismo particular, muito presente na génese do próprio Museu da Música.

Quem é o colecionador Henrique Figueiras?

Com origens no distrito de Viana do Castelo, Henrique Figueiras, músico, investigador e professor de concertina e harmónio, possui uma coleção de cerca de 50 exemplares de harmónios e concertinas dos séc. XIX e XX, dos quais serão expostos os mais representativos.

O pai também era tocador e o interesse pela tradição familiar e pelos costumes da terra iniciou-o, aos 12 anos, nesta aventura. Hoje em dia, Henrique Figueiras procura restaurar, com o máximo de cuidado, cada uma das peças que vai adquirindo dentro e fora do país, recorrendo, para isso, a um leque de afinadores e restauradores estabelecidos no norte de Portugal.

XXIV Festival de Folclore de Montargil


MONTARGIL - É uma das mais importantes freguesias do concelho de Ponte de Sor. Com quatro mil habitantes, tem uma longa história, desde que foi concelho independente até aos dias de hoje, em que é uma vila moderna e virada para o desenvolvimento através, principalmente, dos novos projectos turísticos que se avizinham. A vinte e sete quilómetros da sede do concelho, encontra-se na margem direita do rio Sor.

(...) O povoamento de Montargil remonta à época pré-romana. Em alguns locais da freguesia, como na serra de Montargil, apareceram nos últimos anos alguns objectos em cerâmica e sepulturas romanas. Em S. Martinho, na margem esquerda do rio Sor, surgiram vestígios de uma antiga povoação, que pela sua configuração deveria ser do tempo dos lusitanos, logo pré-romana. No lugar das Mesas, foram encontrados restos de um estrada lageada, que porventura pertencia à via romana que de Lisboa se dirigia para Mérida. O facto de passar por Montargil demonstra a importância que, já naquela altura, o imperial povo votou à freguesia.

A sua fundação, como freguesia, remonta aos primeiros tempos da Monarquia. Foi instituída por D. Dinis em 1315, que lhe deu carta de foral. O seu nome é descrito da seguinte forma pelo "Álbum Alentejano" de 1937: "Mont'Argil ou Monte Argil deve ter sido o seu primitivo nome. O primeiro encontra-se muitas vezes citado em documentos antigos, o que nos leva a crer ter sido ele o verdadeiro que, com a corrupção do tempo, se transformou em Montargil. Outros, como Pinho Leal, dizem que o seu primeiro nome foi Monte Argel, e vinha a ser Monte do Infeliz, porque no antigo português argel significava infeliz, desgraçado, mofino. Outros pretendem que é corrupção de Monte Argila, o que é mais crível, visto a constituição geológica do terreno em que assenta ser de barro.

Para saber mais>>>

Os panos que a casa dá - Trajes de Barroso - Exposição

Vai decorrer de hoje, 29 de Junho, até ao próximo dia 30 de Setembro, no Museu de Arte Popular - Lisboa, uma Exposição sobre o tema "Os panos que a casa dá - Trajes de Barroso".

Visitem!

Feira das Tradições em Verdoejo - Valença

Feira das Tradições em Verdoejo - Valença
Neste fim-de-semana, 29 e 30 de Junho, vai realizar-se na freguesia de Verdoejo Parque de S. Tomé) – Valença, a segunda edição da Feira das tradições, com petiscos, artesanato e muita animação popular.

As filhoses, o bolo da sertã, o caldo verde de Valença (que é uma das 7 Maravilhas Gastronómicas de Portugal) a broa de milho, a savelha frita, o arroz de pato e tantos outros petiscos e pratos emblemáticos das cozinhas tradicionais de Verdoejo vão fazer as delícias dos visitantes. Para acompanhar este bons petiscos, os bons vinhos de Verdoejo, de casta alvarinho e trajadura, bem como a cerveja artesanal de Verdoejo e as sobremesas tradicionais.

Esta feira é complementada com uma mostra de artesanato onde se destacam as rendas, os trabalhos em linho e em madeira.

Do programa de animação consta a atuação do Coro Polifónico de Verdoejo, no sábado, às 16h e do grupo 6tàs9, às 21h30. O jantar puxa à tradição e será animado pelos sons das concertinas. O domingo à tarde será animado pelo grupo Refaixos e Palainas, de danças e cantares galegos.

A Feira das Tradições a par da Festa da Lampreia, em São Pedro da Torre e dos Sabores Serranos, em São Julião, são eventos que afirmam os sabores tradicionais das freguesias valencianas e são a mostra do crescente dinamismo, das freguesias e movimentos associativos do concelho. Estes eventos estão a dar um grande contributo ao concelho, cada vez mais associado a uma terra de bons petiscos.

A Feira das Tradições é uma iniciativa é da Associação Cultural de Verdoejo, com o apoio da Câmara Municipal de Valença, Junta de Freguesia de Verdoejo e comércio local.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...